web 2.0

Dicas para festejar e promover a inclusão

Se existe algo nessa vida que é muito importante é saber festejar. Festejar ganhos, perdas e pessoas, principalmente aquelas que não são como você, mas amam e sentem como você. O mundo apesar de seguir seu curso tem algumas deficiências e dificuldades no quesito inclusão. Na semana passada vi duas noticias que me incentivaram a escrever esse texto. A primeira era sobre uma mãe que abriu a festa do seu filho uma hora antes para um amiguinho autista poder festejar, da sua maneira, é claro. E a outra era de uma mãe tentando entender porque convidaram todos amiguinhos da sala menos o seu filho com Síndrome de Down.

Se na sala do seu filho existe alguma criança com algum tipo de deficiência é muito importante que você se livre de qualquer preconceito e ajude seu filho a entender a importância de acolher a todos, sem distinção. As crianças não são como nós, elas são muito mais sensíveis, puras e amorosas. Por esse motivo o seu filho vai olhar esse coleguinha assim como os outros, vai gostar dele, vai querer estar com ele, incluir ele e, principalmente, vai querer festejar com ele no dia do seu aniversário.

barbie-223952_1280

Desta forma você não precisa pensar desesperadamente sobre isso, a questão é bem simples: convide-o e converse com os responsáveis para saber o que ele gosta e como acolhê-lo da melhor forma. Tenha essa iniciativa. Caso a criança seja autista você pode fazer como essa mãe da notícia que citei. Convide o pequeno um pouco antes da festa e deixe-o a vontade para brincar e festejar. Crianças com Síndrome de Down precisam de outras crianças, assim como seu filho, seu neto, sobrinho… Ele só precisa estar incluído, inserido e com todo o espaço para comemorar. Caso seu filho tenha algum colega com outro tipo de necessidades especiais,  converse com os pais da criança e peça algumas orientações para compreender o mundo deles.

child-1144064_1280

Aprenda alguns sinais da LIBRA para poder passar as crianças com deficiências auditivas o quanto são bem vindas à sua festa. Você não vai ter dificuldades para aprender esses sinais e certamente vai poder observar um belo sorriso e aquele sentimento de pensar e fazer pelo outro. Para deficientes visuais, certifique-se do quanto essa criança precisa ou não de um adulto por perto, apresente a criança os “locais” da festa para que ela possa circular livremente.

disabled-728522_1280

Como já falei aqui outras vezes, festas são ocasiões privilegiadas para construir relacionamentos verdadeiros e para conhecer as pessoas fora da rotina do dia a dia. Então não veja nada disso como um sacrifício ou um trabalho a mais. Você só precisa ter a iniciativa de inclusão e o conhecimento sobre essas crianças. A festa vai começar, seguir e acabar da forma mais alegre possível. E não se esqueça: nessa vida o mais importante é festejar e estar com as pessoas que amamos. Saiba festejar e passe adiante!

disability-1095660_1280

Comente!